• Decoração Sustentável: Paletes

    28 Setembro 2016
    1896 Views

    Decorar dando um segundo uso a objetos usados é muito comum hoje em dia, os paletes, originalmente usados para movimentação de cargas, podem se transformar em uma infinidade de móveis e objetos de decoração. Além de ser uma opção barata, usar paletes que depois de alguns usos seriam descartados é muito ecológico.

    Sofá

    5

    Os sofás de paletes são a sensação do momento, geralmente usado na decoração de exterior, que garante um ar rústico a sua varanda, pode também ser usado facilmente na sala de estar, alguns modelos seguem a linha dos estofados clássicos e possuem encosto e braços. A cor pode ser mantida a original ou pode ser também envernizado ou pintado com tinta para madeira.

    Mesas de Centro

    mesa-de-centro-de-pallet-rustica-palet-420411-mlb20537180140_012016-f

    As mesinhas de centro feitas de paletes são outro item de sucesso, com a diversidade de acabamentos, há modelos para qualquer tipo de decoração. Rodinhas e tampo de vidro são acabamentos baratos que dão toda diferença.

    Camas

    cama-e-cabeceira-feitas-com-paletes-91

    A cama de palete não é o projeto mais fácil de executar, mas é um dos mais charmosos. Pode-se criar todo o móvel de palete, tanto a estrutura inferior onde fica o colchão, quanto a cabeceira, ou usar ambos separados. Modelos coloridos são divertidos e uma ótima opção para o quarto dos mais jovens.

    Prateleira

    prateleira-em-madeira-de-palete-jardineira

    Da cozinha ao escritório, prateleiras de paletes são muito versáteis. Devido a sua proposta inicial, o material suporta muito peso e podem suportar até coisas maiores como ferramentas ou jarros de planta.

     

    Há uma lista enorme de coisas que se pode fazer com paletes e se você usar a imaginação e analisar suas necessidades essa lista fica maior ainda, mas é importante saber a procedência do palete, se ele foi utilizado para o transporte de produtos químicos, por exemplo, é melhor não fazer uso. E também tratar a madeira contra insetos e umidade antes de iniciar seu projeto faz com que ele tenha uma durabilidade maior e não empene.

    Com essas dicas da ASAU você pode se inspirar para dar uma cara nova em algum cômodo ou pode até mesmo criar um móvel novo.

     

    Continue Reading
  • Conheça nossas Dicas para o seu home office

    27 Abril 2016
    1118 Views

    Cresce cada vez mais o número de pessoas que optam pelo home-office (trabalhar em casa).

    Continue Reading
  • 3 Tendências para o Design de Interiores Coporativo

    27 Abril 2016
    1162 Views

    Estar em conexão com o seu tempo é essencial para as empresas, e isso deve ser refletido também em seu espaço de trabalho.

    Continue Reading
  • Leia aqui a Revista GBC Brasil (Green Building Council)

    17 Fevereiro 2016
    1847 Views

    A ASAU está presente na edição número 07 da revista GBC Brasil e por isso, resolvemos disponibilizá-la gratuitamente para você.

    Continue Reading
  • Prática, funcional e estilosa: saiba como escolher a mesa de centro para sua sala

    23 Novembro 2014
    1057 Views

    As mesas de centro são peças-chave na decoração da sala, mas é preciso levar em conta alguns detalhes para escolher o modelo ideal

    Os móveis de apoio podem não ser os protagonistas em um projeto de design de interiores, mas são eles que garantem a funcionalidade dos ambientes. A mesa de centro é um desses exemplos versáteis que, além de complementar a decoração, ainda ajuda a delimitar o espaço. Na hora de receber convidados em sua casa, o móvel garante conforto e praticidade.

    Ela pode estar presente nos livings, home ou sala de estar, e deve seguir o mesmo estilo de decoração dos outros móveis que dividem o mesmo espaço. A escolha dos materiais, como madeira, vidro, espelho, inox e acrílico é que vai dar identidade à peça, mas para definir o modelo de mesa de centro ideal, é preciso levar em conta alguns aspectos do ambiente.

    Uma mesa de centro para cada tamanho de sala

    As mesas de centro são bastante versáteis, desde que não atrapalhem a circulação. Para evitar que o móvel ocupe mais espaço do que o ideal e facilitar sua utilização, é importante levar em conta o tamanho da sala antes de escolher o modelo. Por isso, a mesa de centro deve respeitar um espaço mínimo de 30 cm a 40 cm entre os outros móveis.

    A metragem e disposição dos ambientes também influenciam no formato da mesa de centro. As salas mais compridas e estreitas, pedem peças retangulares ou ovais para manter a proporção.

    Escolha a altura da mesa com cuidado

    Em relação à altura, a tendência na decoração são as mesas de centro mais baixas, quase rentes ao chão, mas isso não é uma regra. A escolha do modelo deve seguir o gosto pessoal do morador, lembrando que, para manter a proporção, as mesas de centro não devem ultrapassar a altura dos assentos de sofás e poltronas.

    A decoração das mesas de centro compõe o ambiente

    Apesar de ser um móvel auxiliar, a mesa de centro pode ganhar destaque quando bem decorada. Para escolher as peças, leve em conta a altura da mesa. Objetos muito compridos não são indicados para ficarem sobre o móvel, e é preciso ficar atento à proporção da composição. Cristais de Murano com arranjos baixos, caixas e livros decorativos são as peças mais usadas para compor as mesas de centro.

    Analise bem a sua sala e leve em conta estas dicas para que a sua mesa de centro se encaixe ao ambiente garantindo funcionalidade e beleza.

    Continue Reading
  • Quem disse que o simples não pode ser sofisticado e elegante?

    20 Novembro 2014
    1373 Views

    O design escandinavo é a comprovação de que menos pode ser mais na hora de decorar a casa.

    A simplicidade dos elementos, a praticidade, beleza e durabilidade dos objetos são características do design escandinavo.

    O estilo escandinavo sugere uma decoração delicada e tons suaves. Entre móveis funcionais, cores neutras e ambientes que têm como prioridade o conforto, o estilo se firma cada vez mais como tendência no mundo do design.

    Com origem europeia, o estilo chegou com força em 2016 reforçando uma proposta minimalista, versátil e original.

    Se você é um apreciador do estilo minimalista e busca novas maneiras de trazê-lo para a sua casa, saiba mais sobre esse estilo que vem conquistando a todos!

    Mas afinal, o que é o design escandinavo?

    Suécia, Noruega, Islândia, Dinamarca e Finlândia são os países que compõem a região chamada Escandinávia. O estilo escandinavo surgiu no século XX e é inspirado nas referências culturais, clima e paisagem desses países, onde existe uma forte presença da natureza.

    Essas inspirações aparecem na valorização de matérias-primas naturais, como a madeira, cores claras e neutras, móveis simples e de linhas retas e prioridade na iluminação natural.

    Funcionalidade e conforto, sem abrir mão da autenticidade e sofisticação são as principais características do design escandinavo, tornando-o perfeito para as necessidades contemporâneas.

    Quais são as características do design escandinavo?

    Estrutura minimalista: o design escandinavo alia funcionalidade e conforto. Por isso, deixe de lado os excessos e dê vez aos móveis simples e de linhas retas que exerçam uma função no cômodo e não estejam ali apenas para decorar.

    A intenção do design escandinavo é integrar o estilo ao cotidiano, por isso, preza pela praticidade e versatilidade na composição. Mas a beleza e a autenticidade não ficam de fora da decoração. A relação próxima com a natureza pregada pela cultura escandinava faz ponte com a necessidade contemporânea de estar em contato com suas origens.

    Cores do design escandinavo

    Cores claras: devido aos invernos rigorosos e a falta de luz solar por longos períodos nessa região, as tonalidades usadas pelo design escandinavo são as neutras e claras, predominando tons como o branco e o bege que ampliam a luminosidade do cômodo.

    Para quebrar um pouco o aspecto frio que o excesso dessas cores pode ocasionar, pode-se utilizar tons pasteis e móveis em seu aspecto natural, como a madeira e a cerâmica.

    Se você não abre mão das cores vibrantes, não se preocupe. Você poderá utilizá-las nos detalhes, como em um quadro, mesa de centro, criado-mudo e outros.

    A luz natural é uma das protagonistas do estilo, por isso, evite cortinas e outros objetos próximos à janela que possam obstruir a luz durante o dia.

    Da natureza ao décor: a conexão com a natureza também se estende à utilização de materiais no design escandinavo. Matérias-primas aconchegantes e que remetem a calor são as mais utilizadas, como a madeira, linho, couro, algodão e lã.

    Para arrematar o design escandinavo, as plantas são muito bem-vindas, principalmente quando combinadas com vasos de cerâmica em um tom mais terroso, reforçando a proposta do estilo.

    Um décor simples, contemporâneo, sofisticado e original é o que o design escandinavo oferece, levando para dentro de casa muito mais do que só uma decoração, mas também um novo estilo de vida.

    Continue Reading
  • Como decorar sua casa com extroversão e frescor para o verão?

    18 Novembro 2014
    896 Views

    O verão está aí e com ele o calor. Nessa época, os, encontros familiares, férias e comemorações ficam ainda mais frequentes. Para tornar o ambiente da sua casa mais agradável no verão, além de utilizar o ar condicionado é importante adotar outras medidas para amenizar o calor e seus efeitos.

    Há dois fatores que você precisa considerar em primeiro lugar: as altas temperaturas (que podem gerar a sensação de abafamento e desconforto se não forem neutralizadas) e a potencialidade do ambiente externo e dos elementos naturais na composição de espaços agradáveis e vibrantes, típicos dos dias ensolarados.

    Algumas soluções “naturais” podem reduzir a sensação de calor na sua casa, tanto nos ambientes internos como externos.

    E por falar em ambientes externos, o verão é especialmente uma época em que esses espaços ficam ainda mais atrativos. Nos dias de calor reunir familiares e amigos em espaços de sociabilidade é uma boa pedida. Jardim, piscinas, churrasqueiras, ou áreas de recreação e de jogos são alguns ambientes que ficam mais especiais ainda nesta época do ano.

    Confira abaixo algumas dicas de como preparar a decoração da sua casa e aproveitar ainda mais o verão.

    Cores vibrantes
    Para combater o calor abafado, inspire-se em cores claras, vibrantes, e tons que proporcionem a sensação de frescor e leveza. Por exemplo: branco, azul, verde, creme e rosa. Mas evite a monotonia e não se limite a uma só coloração: faça combinações ousadas, chamativas, com contrastes que combinem os matizes do sol, do céu, das flores e do mar.

    Texturas refrescantes
    Repagine o interior da casa e os móveis com tecidos que remetam ao frescor. Sofás, camas, almofadas podem ser cobertos com colchas de cores claras, em tom pastel, ou com estampas floridas. Lembre-se de escolher tecidos leves como o linho e o algodão.

    Janelas e cortinas
    Cortinas pesadas costumam absorver a luz e deixar a casa quente e abafada. É fundamental que no verão o interior da casa ou do apartamento esteja bem clareado e arejado. Por isso, substitua as cortinas por modelos transparentes ou semi-transparentes, dando oportunidade para o vento e refletindo a luz do sol. Melhor ainda são as cortinas rolô, que com acabamento de tela solar, mantêm a amplitude e luminosidade sem permitir que os raios solares entrem no ambiente, diminuem a sensação térmica de calor e a ação dos raios UVA e UVB (que danificam móveis e objetos).

    Iluminação
    As lâmpadas convencionais normalmente utilizam filamentos metálicos, produzindo ondas eletromagnéticas, luz infravermelha e raios ultravioletas, fatores que as deixam muito quentes quando ligadas por tempo prolongado. Se sua ideia é deixar a casa livre de calor, considere trocá-las por iluminação LED, que emanam menos raios e ondas que as convencionais, além de consumirem quantidades mais baixas de energia elétrica.

    Deixe a natureza entrar
    Aposte em frutas, plantas e flores, tanto na parte externa quanto na interna. Os elementos da natureza, além de agradar os olhos com suas cores e texturas, também ajudam a purificar o ar (no caso das plantas). Por exemplo, coloque frutas ou flores dentro de recipientes de cristal para decorar mesas ou outras superfícies. Um vaso com flores também é a super indicado para perfumar a casa.

    Curta o ambiente externo
    A tendência no verão é ficar mais tempo ao ar livre. Mesmo o horário de verão contribui para que passemos mais tempo do lado de fora. Redes, espreguiçadeiras e almofadas tornam-se irresistíveis depois das refeições. Se houver condições, a instalação de fontes de água são ótimas para umidificar o ar.

    Continue Reading
  • ASAU reconhecida internacionalmente

    13 Novembro 2014
    1149 Views

    ASAU foi reconhecida internacionalmente pela revista espanhola de arquitetura e urbanismo, pelos seus projetos inovadores.

    Continue Reading