Quem disse que o simples não pode ser sofisticado e elegante?

20 Novembro 2014
332 Views

O design escandinavo é a comprovação de que menos pode ser mais na hora de decorar a casa.

A simplicidade dos elementos, a praticidade, beleza e durabilidade dos objetos são características do design escandinavo.

O estilo escandinavo sugere uma decoração delicada e tons suaves. Entre móveis funcionais, cores neutras e ambientes que têm como prioridade o conforto, o estilo se firma cada vez mais como tendência no mundo do design.

Com origem europeia, o estilo chegou com força em 2016 reforçando uma proposta minimalista, versátil e original.

Se você é um apreciador do estilo minimalista e busca novas maneiras de trazê-lo para a sua casa, saiba mais sobre esse estilo que vem conquistando a todos!

Mas afinal, o que é o design escandinavo?

Suécia, Noruega, Islândia, Dinamarca e Finlândia são os países que compõem a região chamada Escandinávia. O estilo escandinavo surgiu no século XX e é inspirado nas referências culturais, clima e paisagem desses países, onde existe uma forte presença da natureza.

Essas inspirações aparecem na valorização de matérias-primas naturais, como a madeira, cores claras e neutras, móveis simples e de linhas retas e prioridade na iluminação natural.

Funcionalidade e conforto, sem abrir mão da autenticidade e sofisticação são as principais características do design escandinavo, tornando-o perfeito para as necessidades contemporâneas.

Quais são as características do design escandinavo?

Estrutura minimalista: o design escandinavo alia funcionalidade e conforto. Por isso, deixe de lado os excessos e dê vez aos móveis simples e de linhas retas que exerçam uma função no cômodo e não estejam ali apenas para decorar.

A intenção do design escandinavo é integrar o estilo ao cotidiano, por isso, preza pela praticidade e versatilidade na composição. Mas a beleza e a autenticidade não ficam de fora da decoração. A relação próxima com a natureza pregada pela cultura escandinava faz ponte com a necessidade contemporânea de estar em contato com suas origens.

Cores do design escandinavo

Cores claras: devido aos invernos rigorosos e a falta de luz solar por longos períodos nessa região, as tonalidades usadas pelo design escandinavo são as neutras e claras, predominando tons como o branco e o bege que ampliam a luminosidade do cômodo.

Para quebrar um pouco o aspecto frio que o excesso dessas cores pode ocasionar, pode-se utilizar tons pasteis e móveis em seu aspecto natural, como a madeira e a cerâmica.

Se você não abre mão das cores vibrantes, não se preocupe. Você poderá utilizá-las nos detalhes, como em um quadro, mesa de centro, criado-mudo e outros.

A luz natural é uma das protagonistas do estilo, por isso, evite cortinas e outros objetos próximos à janela que possam obstruir a luz durante o dia.

Da natureza ao décor: a conexão com a natureza também se estende à utilização de materiais no design escandinavo. Matérias-primas aconchegantes e que remetem a calor são as mais utilizadas, como a madeira, linho, couro, algodão e lã.

Para arrematar o design escandinavo, as plantas são muito bem-vindas, principalmente quando combinadas com vasos de cerâmica em um tom mais terroso, reforçando a proposta do estilo.

Um décor simples, contemporâneo, sofisticado e original é o que o design escandinavo oferece, levando para dentro de casa muito mais do que só uma decoração, mas também um novo estilo de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *